Curso de Pregação Evangélica



imagem


Curso para pregadores evangélicos

O que é uma pregação bíblica


A Homilética regra que o conteúdo das pregações deve ser legitimamente bíblico, para que seja realmente uma transmissão da Palavra de Deus para a igreja.


Para que isto aconteça, é necessário ao pregador certificar-se que está interpretando corretamente o texto bíblico. Para tanto, ele precisa ter conhecimentos da Hermenêutica Bíblica, para aplicar as suas regras na compreensão adequada do texto selecionado.

As três etapas na preparação de uma pregação


1ª Etapa - Neste processo inicial de abordagem do texto bíblico, ele não deve preocupar-se em tirar pregações dele, mas deve focar em compreendê-lo - deve primeiro perguntar-se: o que o escritor bíblico queria transmitir para seus leitores originais ao escrever esta porção das Escrituras?


2ª Etapa - Após conseguir esta resposta, ele deve retirar dela princípios ou verdades eternas e universais, ou seja, que tenham sua validade não somente para os destinatários originais daquele texto, mas que são válidos para todas as pessoas em todas as épocas e em todos os lugares.


3ª Etapa - Somente nesta terceira etapa deste processo é que entra, de fato, a Homilética: retirar dessas verdades e princípios universais, lições práticas para os nossos dias, dentro da nossa época e cultura: que é aplicar a verdade bíblica para os nossos ouvintes.


O grande erro cometido por alguns pregadores



Neste ponto que muitos pregadores erram, pois querem passar todo o resultado de sua pesquisa bíblica para uma única pregação, e fazer isto no mesmo formato que obtiveram nesta pesquisa.


Este procedimento é uma das principais causas de falha nas pregações, pois ao tentarem pregar o resultado de suas pesquisas bíblicas, passam para a igreja vários pensamentos desconexos, impossíveis de serem compreendidos pelos ouvintes, que se distraem e se desligam da pregação, simplesmente porque se perderam nas palavras do pregador.


O procedimento correto para pregar



O pregador precisa saber que, antes de entregar para a igreja aquilo que obteve em suas pesquisas bíblicas, deve formatar o fruto do seu estudo bíblico como uma pregação, ou seja, desenvolver uma única verdade universal através de uma exposição lógica e gradativa.


Esta é uma boa definição de uma pregação bíblica: o resultado de uma interpretação correta do texto bíblico do qual se retira uma verdade eterna e universal que é aplicada a um determinado auditório dentro de suas características geográficas e culturais através de uma exposição compreensível a essa audiência.


Quer saber mais?



Achou este artigo muito teórico? Gostaria de aprender, na prática, a aplicação desses conceitos?

Então, baixe grátis o meu eBook Sete Critérios Fáceis Para Elaborar Excelentes Esboços de Pregações - role a página e informe seu e-mail no formulário abaixo:

Pr Paulo Grigório

[volta à página inicial]